icon vadis

folk celta

2011/07/26

Icon Vadis ao vivo - FARAV'11

Publicada por Pai Martins

2010/09/04

Icon Vadis ao vivo - Outonalidades 2010

Publicada por João Paulo Santos

Icon Vadis ao vivo - Outonalidades 2010


15/10/2010 - Águeda (bard'O - Espaço d'Orfeu )
03/12/2010 - Estarreja (Bar CTE - Cine-Teatro de Estarreja)

2010/08/02

We Just Found GOD - Icon Vadis & The Waterboys

Publicada por João Paulo Santos


2010/07/10

Próximo concerto - 23 Julho - MIRA

Publicada por Pai Martins

Santos da casa...

Publicada por Pai Martins

Reservo-me hoje ao direito à indignação relativamente ao nosso concerto de ontem à noite na praça do peixe...
por 2 motivos, a saber:

1.º - numa cidade que, apesar de em ascenção cultural, embora lenta, carece de eventos que motivem as pessoas a sair de casa e a gastar dinheiro em bilhetes para pagar a artistas, ter uma noite com 4 eventos distintos num raio de 500m é um exagero, e é única e exclusivamente fruto de uma má articulação entre organizações e falta de uma supervisão cultural. A nós tocou-nos a praça do peixe, numa organização i-sensia, mas à nossa volta havia mais 3 concertos no rossio, no TA e no MN. Um aspecto a rever certamente.

2.º - por falar em motivação para as pessoas, as condições apresentadas aos músicos, e das quais advém a qualidade dos espectáculos, são fundamentais para motivar os que saem de casa. Ou então corremos o risco de espantar os poucos que se preocupam em ver e ouvir o que se passa na nossa cidade. E neste aspecto a i-sensia (http://www.i-sensia.com/) merece-me aqui alguns reparos no que diz respeito às condições logísticas que nos apresentou ontem.

Faço-o aqui publicamente depois de o ter feito ainda antes do concerto, ontem, a quem de direito.

Sem querer entrar em grandes pormenores técnicos, que não servem aos leigos nesta matéria, ontem não tinhamos as condições mínimas necessárias para tocar, nomeadamente:
- número insuficiente de microfones e tripés;
- número insuficiente de canais da mesa;
- umas colunas de som em péssimo estado e sem potência sonora(de salientar que antes do intervalo uma delas deixou mesmo de funcionar);
- monição insuficiente e sem qualidade;
- falta de iluminação no palco;
- etc, etc, etc...

Sem querer tirar o mérito da inicitaiva da i-sensia, que se encontra a dinamizar as 5.ªs e 6.ªs feiras da praça, e apesar de o ditado ser antigo (Santos da casa não fazem milagres), e partindo, ainda, do princípio que aquele é o material para todos os dias e todas as bandas, acho que os músicos, sejam eles de aveiro ou de outro qualquer ponto do país ou estrangeiro, seja a iniciativa um grande evento ou um mais pequeno, como foi o caso, merecem ser tratados com maior dignidade.

No caso das pequenas bandas como a nossa, não são os reduzidos cachet's que nos movem mas sim o gosto de tocar mais e mais, e poder fazê-lo fora das salas de ensaio, ao vivo, para as pessoas que nos querem ouvir. E com condições como a de ontem sentimos defraudadas as nossas expectativas e intentos.

E pior que isso, corremos o risco de afugentar quem abnegadamente se predispõe a ouvir-nos perdendo assim o tão desejado e, por natureza, quase sempre escasso público.

E neste aspecto perdem eles e nós!

Fica o reparo à espera de melhores dias.

2010/07/07

Concerto dia 9.Jul'10

Publicada por Pai Martins

Depois do concerto no St. Patrick´s Irish Pub segue-se a Praça do Peixe...
Não faltem




























PS - obviamente que a data no cartaz tem o mês errado: é JULHO

2010/04/24

Por falar em Karranka, bar ai vai mais uma...

Publicada por Jorge Branco

2010/04/15

TOCA LED ZEPPELIN

Publicada por João Paulo Santos




























Nos tempos mais activos, refiro-me aos anos de 1996 a 1998, era comum assistirmos a concertos de outras bandas quer estivessem elas no mesmo “cartaz” que os Icon Vadis quer outras com as quais sentíamos a devida afinidade merecedora de uma deslocação dedicada para assistirmos ao respectivo concerto em nome próprio.

Numa noite de boa memória no Rosa dos Ventos em Montemor-o-Velho, local de culto para nós, assisti juntamente com o Jorge Branco e com o Zé Tó Rodrigues à actuação dos Turbo Junkie, esta rapaziada liderada pelos irmãos Praça tinha lançado há bem pouco tempo um EP intitulado “Used” com um som cativante… tocavam um folk/rock inspirador com um trecho numa das canções do “Sympathy for the Devil” dos Stones.

Num dos momentos altos do concerto uma voz bem regada gritou várias vezes uma frase marcante que nos leva a repeti-la nos mais variados contextos até aos dias de hoje, “TOCA LED ZEPPELIN” gritava o jovem com a força do álcool como se o amanhã não existisse… “TOCA LED ZEPPELIN”… a banda ria mas não satisfez o pedido.

A frase com todo o seu nonsense associado, e especialmente por isso, teve imensa piada, a partir desse momento fosse qual fosse o género de concerto a que assistíssemos (jazz ou fado por exemplo) em jeito de piada aplicávamos o famoso “TOCA LED ZEPPELIN” e a noite estava ganha.

No passado Sábado, no nosso concerto no Karranka Bar na Curia, a ingenuidade de um ternurento pedido trouxe-me à memória a famosa frase…

Vocês tocam BON JOVI ?”

A minha nega devolveu-me nova pergunta…

e XUTOS & PONTAPÉS ?

Eu, em esforço para não sorrir exageradamente sonhava já com a derradeira pergunta “e LED ZEPPEPLIN ?”

A 3ª pergunta acabou por não sair e o jovem resignado terminou com um “pois… só tocam este estilo de música e assim… mas são muito bons

Ainda fui a tempo de dizer-lhe “Obrigado

2010/04/06

Icon Vadis - Ao Vivo Karranka Bar (Curia) 10/04/2010

Publicada por João Paulo Santos

2010/03/09

Icon Vadis - Ao Vivo no Performas (Aveiro) 13/03/2010

Publicada por João Paulo Santos

2010/02/23

ENSAIO

Publicada por Pai Martins

amigos não esqueçam que 5.ª feira voltamos a ensaiar ok?
JP não queres arriscar um alinhamento!?
abraços

2010/01/21

ENSAIO

Publicada por Pai Martins

HOJE HÁ ENSAIO

NÃO ESQUECER

2009/11/09

Mike Scott and my Aunt

Publicada por João Paulo Santos

In a sunny spring day of 1986 I was about to accomplish my 14th anniversary, I was looking out for a gift for my father’s birthday in the streets of Lisbon with my favorite aunt.

It was for sure the “no money years” so I did need my aunt around to pay the gift, it was symbolic because the main one was me… I was born in the same day of his birthday… this fact made me always proud and I did never forget to tell it to everyone.
The famous “I was born in the same day of my father’s birthday” remains till today.

At that time in the most beautiful train station of Lisbon (Rossio) we did have always a solution for a gift… “let’s go to that one”… my choice was a disc store, I was looking for a 45rpm in the “W” music-stand, I was looking for my favorite song “The Whole of the Moon” from the Waterboys.

As a matter of fact that single intended to be not only a gift for my father but also for myself and I saw no crime at all with that.

I did found it.

When I was prepared to pay for it her voice almost shot me down “that song is not bad but I prefer this one and I think your father too”!

I was without reaction for a few seconds in a frustrated attempt that she paid for it and forgot that nightmare choice, her choice, but no success.
Inside my head I was screaming, I was furious, OH NO, FEARGAL SHARKEY…. NO PLEASE NO… that guy with a strange face… a guy that almost looks like a blonde girl with that hair…. NO PLEASE NO.

I prefer everything about the Waterboys and his mentor Mike Scott instead of Feargal Sharkey, I rather prefer the songs… that voice… the black Ovation guitar… the attitude… the hair… and of course the lyrics… despite of my only 2 or 3 years of English school “The Whole of the Moon” lyrics was far better than the annoying “… and good heart these days is hard to find…”.

No way… the money wasn’t mine so I brought home “A Good Heart” to give to A GOOD HEART as a birthday gift, I don’t know how but she stills my favorite aunt and believe me… I have a lot of aunts.

She forced me to bring home Feargal Sharkey instead of Mike Scott… it’s not fair.
Later, as a revenge, I don’t have one but three “Whole of the Moon”… in the “This is the Sea” album, in the “Best Of 81-90” and in the “T.W.O.T.M. The Music from Mike Scott and the Waterboys”.

2009/11/04

Dia 6 de Novembro no Mercado Negro em Aveiro

Publicada por João Paulo Santos

2009/10/27

Luar na Lubre - "Chove en Santiago"

Publicada por João Paulo Santos

2009/10/22

"Cala-te pá"

Publicada por João Paulo Santos

Na minha “carreira” musical muitos episódios engraçados sucederam, o que agora vos conto decorre numa fase muito forte do nosso percurso em que as actuações surgiam regularmente e bem pagas contrariamente ao estatuto de banda desconhecida.
O espectáculo estava agendado para as festas da Amadora, íamos tocar num campo de futebol com os GNR, Santos & Pecadores e com a Fúria do Açúcar, 4 bandas numa só noite, era o tempo dos saudosos bons orçamentos das Câmaras Municipais.
Estávamos de facto ansiosos com essa actuação.

O problema com as entidades patronais de cada um de nós ficou resolvido com 2 dias de férias e assim lá partimos todos catitas num monovolume com motorista e tudo.

Normal seria que, ao passarmos por Leiria, a temperatura subisse uns 2 graus mas naquele dia baixou e surgiram umas nuvens cinzentas como pré-aviso de que algo não iria correr muito bem, nada abalava o nosso entusiasmo, chegados ao recinto o ego aumentou ainda mais… inesperadamente o público que já lá estava gritou e bateu palmas mal saímos da Sharan.
Depressa perceberam que não eram as ilustres vedetas que tocariam nessa noite mas sim os menos famosos de todos ainda assim continuaram com as palmas e com cânticos usados em jogos de futebol… estavamos radiantes… queríamos tocar.

As nuvens decidiram confirmar o pré-aviso e começou a chover em pleno sound-check dos GNR.
O sound-check é o “fazer som” antes das actuações para que tudo fique equilibrado e soe bem, os últimos a actuar são os primeiros a fazer o som e por essa ordem seríamos os últimos a fazer som porque iríamos ser os primeiros a actuar.
Na música ao vivo o estatuto é medido assim o último a tocar é habitualmente a banda mais consagrada.

A chuva atrasou tudo, mesas de som e restantes aparelhagens tapadas em stress, o público que nos aplaudiu desapareceu do local mas o pior estava para vir, a Fúria do Açúcar e nós apesar de integralmente pagos não actuaríamos nessa noite devido ao grande atraso no sound-check.
Eu estava profundamente triste com a situação, tinha divulgado tanto e orgulhosamente o evento que tinha grande parte dos familiares lisboetas na assistência, era daqueles dias em que musicalmente sabíamos que iria correr bem.

Depois do jantar com os Santos & Pecadores e com a Fúria do Açúcar e depois de assistir às actuações dos eleitos decidimos ir para o hotel, como rapazolas poucos tinham tido a experiência prévia de ter estado num hotel de 4 estrelas… tudo era novo e espectaculamente grandioso.
Na manhã seguinte o nosso manager Rui Martins foi fazer o check-out, vendo-o muito perturbado dirigi-me a ele e perguntei-lhe o que se passava… “eh pá um dos quartos tem um adicional de oito contos e tal de HOT TV e MINI BAR”… “andam a brincar pá?”… "nunca viram umas mamas?"... “não sabem que isto é caro pá?”.
A cara de aflitos de uns denunciou-os, os restantes riam perdidos, e ele lá continuou dirigindo-se ao balcão “vieram a Lisboa ver HOT TV e esvaziar o MINI BAR e o Rui é que paga”.

“Oh Rui só vimos um bocadinho”
“Cala-te pá”
P.S. Alguns anos mais tarde a cena (mais ou menos igual) repetiu-se mas num contexto diferente da minha vida.

2009/06/20

Filho de uma Rock Star

Publicada por João Paulo Santos

Aproveitando a dica de um blogue que sigo com regularidade destaco aqui o lado familiar de uma rock star, o poder de uma foto pode ser imenso ao ponto de reduzir uma "estrela" ao simples universo daquilo a que afinal todos somos... uma família... dentro desta grande família que é a humanidade.


Esta foto é apenas um mero exemplo de entre umas dezenas que Revista Rolling Stone resolveu disponibilizar, Kurt Cobain com a filha Francis Bean Cobain (sete meses antes da morte do músico).



As fotos podem ser vistas aqui (vão fazendo "next" ok? :))

2009/05/11

A Certeza da Música

Publicada por João Paulo Santos

Mais uma referência aos Icon Vadis no muito interessante blogue do João Nuno Silva "A Certeza da Música", podem ler aqui.

2009/04/13

Dia 25 de Abril no Teatro Aveirense

Publicada por João Paulo Santos


2009/04/02
Publicada por Zétó Rodrigues

Isto de lutarmos por um lugar ao sol não será um objectivo deveras ambicioso?

Pois,vamos lutar por um lugar importante neste mundo tão louco.
Partilhar tanta musica boa com 5 gajos que adoramos não tem preço.
Mas uns bons cachets sempre davam jeitinho.E comprava-se bujecas e farturas na feira de Abril.Bute lá?

2009/03/31

Obrigado João Nuno Silva

Publicada por João Paulo Santos

Na passada quarta-feira estava eu em "trabalhos forçados" na centenária Feira de Março quando reparo que no stand ao lado do espaço da minha empresa estava uma cara conhecida, era o João Nuno Silva.

Conheço o João Nuno há década e meia sensivelmente, devemos ter falado apenas umas 5 vezes mas muito graças à sua boa disposição e à sua fantástica maneira de ser essas 5 vezes parecem ter sido milhares delas.

Recordámos tempos de estudante e de uma actuação da minha banda de sempre em 1993 no B.A. o Bar da Associação da Universidade de Aveiro.

"Acho que ainda tenho um guardanapo com o alinhamento dessa actuação" dizia-me ele, sorri de imediato e pedi-lhe para fazer um scan dessa preciosidade e mandar-me por mail, qual não é o meu espanto hoje ao dar uma olhada no seu blogue lá estava um post dedicado e o famoso guardanapo.

Não sei de quem será a letra... parece-me do Paulo Nunes ou do Pedro Martins... seja quem for o autor o João Nuno trouxe-nos uma grande recordação e que aqui reproduzo.

Obrigado... aqui fica o blogue dele que merece ser acompanhado com devida atenção http://acertezadamusica.blogspot.com/.

2009/03/25

A Actuação Mistério

Publicada por João Paulo Santos

Ouvi dizer que a minha banda... sim a minha banda... vai actuar no próximo dia 25 de Abril, por acaso alguém saberá dizer-me onde?
Agradecido.

2009/02/24

Sol Baixo

Publicada por João Paulo Santos

A representar a Ilha de Santa Maria teremos o Grupo de Cantares Sol Baixo, um grupo que comemora precisamente 20 anos de existência e com provas dadas da sua qualidade musical e com uma grande recolha de temas do cancioneiro popular desta Ilha.

O grupo de Cantares Tradicionais “Sol Baixo” foi fundado em 1987, pelos tocadores e cantadores do grupo de folclore da Casa do Povo de Santo Espírito, com o objectivo de recolher, preservar e divulgar a música tradicional mariense e interpretar músicas tradicionais de outras ilhas do arquipélago e do continente.

Outro grande objectivo do grupo foi criar suportes musicais para lendas, canções de trabalho, lenga-lengas, folias e canções religiosas, proporcionando a divulgação da originalidade dos elementos do grupo.

Para além dos diversos espectáculos que tem realizado ao longo da sua existência em diversas festas populares da ilha de Santa Maria e outros eventos para os quais tem sido convidado, salienta-se no entanto varias actuações em diversas ilhas do arquipélago Açoriano, na Madeira, nas Canárias, em Lisboa, no Porto e em Faro.Este grupo tem também participado em Workshops e encontros promovidos pela “Associação Cultural Maré de Agosto”, nomeadamente em 1993 (Workshop de Jazz) orientado pelos monitores do Hot Club de Portugal de Lisboa e em 1997 (Workshop de música Celta) orientado pelos músicos do grupo Icon Vadis de Aveiro.

Em 1996 recebeu em Santa Maria o Grupo Tacande das Canárias e o Grupo “Brigada Victor Jara” com o qual celebrou um encontro musical.Em 2000 o grupo Sol Baixo realizou finalmente um velho e legítimo sonho com a gravação do seu primeiro CD: "Heranças".

Um álbum que prima pela qualidade, um trabalho sério onde o velho e o novo se misturam de forma bastante original num espelho multifacetado da vivência rural e urbana da ilha.

A alimentar o espírito do grupo, João Fontes, tem sido para além de músico, um grande animador no passado e presente do Sol Baixo.

O texto foi retirado daqui.

2009/02/17

O Nosso Menino Faz Anos

Publicada por João Paulo Santos

O nosso Pedro faz anos, parabéns meu amigo mereces... conhecer-me... hehehe.
Um grande abraço.

2009/02/16

e ensaio hã!?

Publicada por Pai Martins

como é meus!?
depois do "melhor concerto dos ultimos anos" já ninguém precisa de ensaiar!?
e responderem aos emails hã!?
cambada de ocupados...
lol

2009/02/04

O melhor concerto dos últimos anos

Publicada por João Paulo Santos

Aqui está uma bela prova de que o presente também pode ser realmente bom, é bom recordar mas é igualmente bom viver.
O concerto do Mercado Negro no passado Sábado trouxe-me de volta o real prazer de tocar, já algum tempo que não me sentia assim após uma actuação recente.
Estivemos bem no global e o "ambiente" foi o melhor que tive na minha cidade.
Havia malta nova que nunca nos viu na vida a vibrar, malta mais velha igualmente a vibrar, um espectador delirou e cantou todas as canções dos Waterboys, e claro os amigos de sempre... sempre presentes.
Recebi mensagens de apoio via youtube, convites do myspace de malta que esteve neste concerto... notável.
Obrigado por terem-me feito sentir assim que foi muito mais do que eu fiz por vós.
P.S. no final houve tarte da Paula outra vez... querem melhor?

2009/01/31

pois é pessoal

Publicada por Jorge Branco


na verdade ja passaram variuuuuuuuuuuus anos masssssssss. estamos cá cheios de vontade de tocar

2009/01/30

... e já passaram alguns anos.

Publicada por Paulo Nunes




Pois é malta, ... o tempo passa!
Estávamos em 1994.
Os acordes e os ritmos, esses..., alguns ainda são os mesmos.


Nesta altura a vontade era a de crescer, crescer, crescer até ao topo... agora queremos é alguma diversão, fazendo-o mais por prazer do que por qualquer outro motivo, e é por isso que voltamos a renascer.

Não esqueçam sábado 31.01.09 - Mercado Negro - Aveiro 22.30, apareçam!
PS. Zé, nesta altura estavas muito magro meu !!! Vieste salvar a banda do desastre que era aquele baixista... fonix!!! Aquele abraço Amigo.

2009/01/29

desculpem lá.......

Publicada por Pai Martins

eu sei amigos que devem estar danados comigo por estar a faltar ao ensaio mas espero que entendam as razões que tive o cuidado de fazer saber atempadamente.....
no entanto para além das msg a saber como esta a correr o ensaio, e acreditem que a minha cabeça está aí, quis estar mais perto de vos e por isso decidi deixar aqui o meu pedido de desculpa...
se não antes até sábado...... prometo portar-me bem........

2009/01/27

NÃO ESQUECER PRÓXIMO SÁBADO

Publicada por Pai Martins


2009/01/19

O João Aguardela e eu

Publicada por João Paulo Santos

1996 foi talvez o mais importante e decisivo ano na vida dos eternos Icon Vadis, sai da formação nesse ano o Zica, fundador e principal elemento da banda.
Depois do "choque" inicial decidimos continuar e à custa de muitas horas de trabalho conseguimos o impensável... não só demos um salto qualitativo como descobrimos a real dimensão daquilo o que até então não tínhamos a mínima noção - o nosso valor - (perdoem-me a talvez falta de modéstia) esse valor era enorme.

Em 1996 seriam muitos os concertos, os concursos de música, a Final do Termómetro Unplugged com os Silence Four depois de eliminarmos os Hands on Approach, a ida à televisão, as primeiras partes de grande responsabilidade com bandas de primeira linha, Quinta do Bill, Polo Norte, Xutos & Pontapés e Sitiados.

Numa dessas memoráveis noites, no pavilhão dos Olivais em Coimbra, tocámos simultâneamente com os Xutos & Pontapés e com os Sitiados e naturalmente tive a oportunidade de privar alguns intensos momentos com as "vedetas", conheci nessa noite o João Aguardela (na foto) vocalista e líder dos Sitiados.

Enquanto tocavam os Xutos estávamos os dois no patamar superior das bancadas quando um puto subindo todos os degraus da bancada disse-lhe com um tom desafiador "dou-te 10 escudos se me arranjares o autógrafo da Sandra"!

A Sandra era na altura a acordeonista dos Sitiados e senhora de umas pernas... bom... as pernas mais famosas da música pop portuguesa... é que a menina tocava sempre com uns calções muito curtinhos.
O nosso acordeonista também tem pernas... mas são peludas... e feias... na minha maneira de ver as coisas.

O João com um sorriso rasgado que me surpreendeu disse-lhe "ok dá-me lá os 10 paus", o puto deu-lhe apenas 5 e disse que não tinha mais, ele sempre com o seu sorriso respondeu-lhe "na, na, vai lá arranjar os outros 5 paus que eu arranjo-te o autógrafo" e lá foi o puto a correr... depois vira-se para mim e diz já quase à gargalhada "os putos são demais".

Nunca mais o vi desde essa altura mas marcou-me a proximidade com que lidava com as pessoas, tratou-me como se eu fosse um músico famoso, claro que a história tem um final feliz o puto conseguiu com algum custo (pois passaram vários minutos) os outros 5 escudos e teve o desejado autógrafo.

O João Aguardela faleceu ontem aos 39 anos vitima de cancro... que descanse em paz.

2009/01/17

Parabéns Jorge

Publicada por João Paulo Santos

Parabéns FILTRO!
'Tás como o Vinho do Porto!
Já vistes o DVD do Rui Veloso?... ou... já o vendeste pelo dobro do preço ao Zica?

... e recordar é viver! - Aveiro 2003

Publicada por João Paulo Santos

O primeiro regresso depois do fim?

St. Patrick's 07/12/2003

... e recordar é viver! - Montemor-o-Velho 2006

Publicada por João Paulo Santos

No Bebop em 16/12/2006.

... e recordar é viver! - Montemor-o-Velho 2006

Publicada por João Paulo Santos

No Bebop em 16/12/2006.

... e recordar é viver! - Montemor-o-Velho 2006

Publicada por João Paulo Santos

Frangos? Só do Zé Tó.
10/06/2006

... e recordar é viver! - Aveiro 2004

Publicada por João Paulo Santos

Durante vários anos na nossa formação esteve o Zica, nesta data em 23/10/2004 tocámos no bar dele - o Player's.
Na foto falta o João Cascais (deve ter ido ao WC... eu é que mandei a boca... eu é que sei).

2009/01/16

... e recordar é viver! - Aveiro 2006

Publicada por Pai Martins

A Banda após concerto 10/05/2006 - os sorrisos são sp um bom sinal!

João Cascais - o espírito da banda e a energia em palco (é o nosso gravatas)



Paulo Nunes - o virtuoso da banda (como saem tantas e tão bonitas notas de gaitas tão pequenas!?)

Jorge Branco - isto sem ele não tinha piada nenhuma (menos conversa e vamos mas é ensaiar....)



João Paulo Santos - o nosso guru (apesar de não gostar de whisky) - as letras e melodias originais são dele.

Zé-Tó - o músico mais intimista e mais cabeludo.









Pedro Martins - EU..... lol
Um verdadeiro "animal" de palco e a alma da banda, sem ele apenas tocávamos uns acordes.
ass. JPS (acho que os restantes concordam e se não concordarem... eu é que mandei a boca... eu é que sei)

2009/01/15

... e recordar é viver! - RTP Porto 1996

Publicada por João Paulo Santos

video

Um tesourinho quase deprimente, uns tais Icon Vadis que no dia 29 de Maio de 1996 foram tocar (um playbackezinho à maneira) no programa da RTP1 "Praça da Alegria".

Não consegui uma melhor qualidade de imagem ainda assim resolvi colocar aqui.

O tema é um original nosso "Rosa dos Ventos"!

2009/01/14

Ao vivo em... Aveiro 31/01/2009

Publicada por João Paulo Santos

2009/01/05

Sentir esta paixão de partilhar a música.

Publicada por Zétó Rodrigues

Olá amigos
Para além de todas as regras músicais ,qualidades de execução e blá blá blá,este gozo de partilhar o mesmo palco com estes "vadis" é enorme.
Sempre que pisamos o palco transformamo-nos esquecendo tudo o que possa ser menos bom.
E a música sai entusiasta,cheia de energia e em plena vontade de crescimento(qualitativo,pois claro)
Isto com uns upgrades até pode bem andar nas bocas do mundo.
Preparem-se então para o dia 31 que a malta vai apurar-se.Bom,aqui vou eu estudar!

2008/12/20

Icon Vadis "O regresso" (estamos sempre a regressar)

Publicada por João Paulo Santos

A tourné do ano de 2008 da minha banda, os Icon Vadis, começou ontem (dia 19 de Dezembro) no Ria Café em Aveiro.
Não tenho noção de quantos já poderão ser no total (perdi a conta) mas com 18 anos de existência desta banda já serão umas largas centenas deles.

Lembro-me perfeitamente de em 1996 ter contabilizado 72 concertos só nesse ano, tocávamos todos os fins-de-semana, num desses fins-de-semana chegámos ao ponto de tocar na quinta, sexta, sábado e no domingo.

Ontem foi bom ver muitas caras conhecidas, estavam lá praticamente tudo o que era amigo que continuam fielmente e teimosamente a marcar presença sempre que possível... como ontem "jogávamos" em casa... apareceram em força.

Ainda estive uns bons minutos à conversa com os ilustres vereadores da Câmara Municipal de Aveiro o Dr. Gonçalo Caetano Alves (meu ex-professor) que é um amante da música e segundo sei um ex-músico também e o Dr. Miguel Capão Filipe.

Claro que nem tudo foi como queríamos ao nível da nossa prestação mas ainda está para chegar o dia em que terminemos um concerto e que tenha corrido tudo na perfeição e depois... depois há sempre a desculpa... o último concerto foi há 1 ano e 8 meses atrás e a juntar a este facto 2 ou 3 ensaios de 1 horita para esta actuação.

Não há milagres.
18 anos de existência, é incrível, eu em Janeiro faço 16 anos de "casa" começo mesmo a achar que poderemos "morder" os calcanhares dos Jambalaia (será com y?), é que a banda do Luciano, Nani e companhia é eterna!
Se me cruzar com o Luciano vou propor-lhe uma aposta... 18 anos já me dá legitimidade para propor-lhe que a banda que acabar de vez primeiro paga um jantar à outra... lá iremos todos jantar... eles com 150 anos e nós com um pouco menos que isso.
Até dia 31 de Janeiro no Mercado Negro em Aveiro também.

2008/12/19

Ao vivo em... Aveiro

Publicada por João Paulo Santos

Parece-me um bocado estranho que após um ano e oito meses sem tocar o Zé marque um concerto na cidade natal (do grupo), vão lá estar os familiares, os amigos, malta que conhecemos de vista... enfim... só não te vou às ventas Zé porque sou teu amigo!
"Ai o pessoal já toca há muitos anos... vai correr bem" ou como me disse a minha mulher hoje ao almoço "faz de conta que estás a tocar na casa de alguém só para amigos"... mas algum dos meus amigos me viu a tocar na casa deles nos últimos 10 anos?
Há uma outra frase que me deixa a espumar... "se falhares ninguém nota... os músicos são vocês".
Eu fico impossível no dia dos concertos e o dia de hoje não foge à regra, o melhor mesmo é ouvirem-me, encolherem os ombros e não dizerem nada.
AGRADECIDO.
Como se não bastasse ainda vou ter que me preocupar em escolher a roupa com que vou tocar... sseee.
Mais grave... não vou poder assistir à festa de Natal da minha filha mais velha... andou a minha menina a ensaiar e o pai não vai... porra p'ra isto.

2008/12/17

Ao vivo em... Aveiro 19/12/2008

Publicada por João Paulo Santos